É preciso raízes é preciso se ter uma história.

Essa frase me remete a alguns médiuns que nunca param em lugar algum, não existe lugar suficiente bom para eles, eles acham que sabem muito, mas na realidade só leem trechos de um livro e se acham sabedores de toda uma história. Para se ter história dentro da Umbanda é preciso raízes sólidas, caso contrário são como folhas ao vento jogadas de um canto para o outro. São verdadeiros pedintes de pequenas partes da prece, mas nunca conseguem chegar no Amém. Cristina Alves

Foto de Cristina Alves.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s