TODO DIA É NATAL PARA O UMBANDISTA

64b12df9fdde8ae71732b6f3edac6f10

Chegamos ao final de mais uma etapa, mas um capítulo foi escrito nas nossas vidas.

Quando chegamos na época do Natal, Ano Novo, muitas reflexões nos surgem a mente, logo imaginamos as vitórias, as batalhas travadas durante o ano, os obstáculos que foram transpostos, nos lembramos das despedidas, dos até logo, dos Adeus e nos focamos nos Sejam Bem Vindos, e a vida é assim, uma ida e vinda constante, umas doces, outras dolorosas, mas todas acontecem como deveriam ser, é o ciclo da vida.

Nessa época do Natal é inevitável não lembrarmos do primeiro e maior grande médium que existiu, sua trajetória, seus exemplos, e o que ele nos deixou. Com certeza estamos falando JESUS CRISTO.

Jesus nos ensinou sobre generosidade, compaixão, fé, amor, caridade, abnegação , doçura, força e tantas outros exemplos que honestamente não teriam palavras para serem mensurados.

Mas tem uma coisa que Jesus tentou pelo menos nos ensinar, que é sermos pessoas espiritualizadas, e ser espiritualizado é inerente a qualquer religião, está ai uma coisa que algumas pessoas ainda não conseguiram entender.

A verdadeira concepção do Natal não é a troca de presentes, a mesa farta  cheia de carnes e bebidas, a festa luxuosa, a roupa bonita. Existem valores maiores que estes. Não adianta ter a mesa farta, a roupa bonita se alma está nua, despida de bons sentimentos.

O verdadeiro significado do Natal é estarmos cheios DO ESPÍRITO DE DEUS, dentro dos nossos corações, e só quem é espiritualizado sabe o que isso realmente significa de fato.

É algo que se sente, e que não está vinculado a nada que seja material, comercializado ou mesmo comprado.

Nós Umbandistas lidamos e aprendemos sobre este estado de espírito o ano inteiro, não somente no Natal, nós o ano inteiro entramos nesse estado de espiritualização, ajudando nosso próximo, nos comungando com as coisas e criações de Deus.

Nossos Orixás são as emanações de Deus e é com o que eles representam que trabalhamos e aperfeiçoamos nossa espiritualidade.

Darei abaixo alguns exemplos apenas, porque as qualidades de Orixá não conseguiria descrevê-las todas.

OXALÁ – sincretizado com nosso Senhor Jesus Cristo, com certeza não é a toa, nosso pai amável, pai gentil, amigo, senhor do branco, senhor da Paz, senhor dos nossos caminhos. Orixá que nos ensina a termos calma, a lutarmos pela Paz, nos ensina respeito, nos ensina sobre o valor do silêncio, senhor da luz, da prece, senhor da Fé. Orixá que nos ensina que devemos amar incondicionalmente, independente de crença e fé,  nos ensina que não existe religião melhor que a outra, existem pessoas, o que importa é o Amor que podermos dar um para o outro. AMADO PAI DE TODOS.

IEMANJÁ – Mãe e senhora de todos os orixás, senhora mãe das cabeças, mãe senhora da Paz da Família, que ampara seus filhos, senhora das águas. Iemanjá nos ensina sobre o diálogo necessário, da união familiar, a mãe generosa que ampara seus filhos, que ama incondicionalmente, ela nos ensina sobre o Amor que precisamos ter uns com outros, é o colo é o aconchego é o sentir acolhido e protegido. Ela nos ensina que ser mãe vai além do gerar um filho, ser mãe é gerar dentro do coração.

OXOSSI – O grande caçador de Almas. Com Oxossi aprendemos sobre a paciência, sobre esperar a hora certa para tomarmos uma determinada atitude, aprendemos que na vida as vezes devemos pisar leve, fazer pouco barulho, chegar de mansinho e atirar a flecha certeira que não erra. Com Oxossi aprendemos sobre a cura que vem de suas ervas, de suas matas, a cura da alma, o murmurar das folhas no vento, aprendemos a respeitar a Natureza que nos sustenta, com Oxossi aprendemos o respeitar a vida como um todo, desde o mais pequeno ser, até o maior. Porque Oxossi nos ensina que Deus é pai de todos e ama seus filhos incondicionalmente. Oxossi é o orixá da Liberdade de ir e vir, a liberdade de escolha, a liberdade de poder chegar a Deus. Senhor da fartura.

OXUM – Senhora mãe, senhora da beleza, do encantamento. Senhora das águas doces dos rios, que nos matam a sede. Senhora mãe gentil. Senhora do Amor.

Senhora da água da vida.

Com Oxum aprendemos que a verdadeira beleza não é externa, é a beleza que reflete nos olhos como o brilho do sol nas águas dos rios. Com Oxum aprendemos a soltar o riso fácil, aprendemos sobre doçura, gentileza.

Oxum é a mãe que tira a chinela do pé, e sai correndo descalça debaixo da chuva com os  filhos, louvando a vida, como se tudo fosse eterno, não há tempo, só momento.

Com Oxum aprendemos a dar aquele abraço que aconchega, que protege, como se nada no mundo pudesse nos atingir. Oxum uma hora é menina, noutra é mulher adulta, noutra é Anciã. Oxum nos ensina que a vida é linda e que precisamos viver essa história que Deus nos concede.

OGUM – Senhor da forja, senhor da espada que não perde o corte, senhor da justiça, da batalha da vida, senhor da determinação, da urgência. Senhor que não teme. Ogum ensina que a vida não é fácil, todo dia uma batalha e uma guerra a ser conquistada. Mas é o Orixá que mais ensina sobre o valor da Paz, o valor do descanso em volta da fogueira, do bom vinho, da confraternização. Ogum ensina que a guerra deve ser evitada sobre todo custo, para que inocentes não sofram desnecessariamente. Ogum valoriza a vida.

Ogum guerreia, pelo amor da Justiça, para defender o inocente.

Ogum também nos ensina que a batalha pode ser inevitável, mas pode ser evitada com sabedoria, discernimento e respeito, ensina que toda forma de AMOR E PAZ vale a pena e deve ser tentada.

OGUM ENSINA QUE NÃO EXISTE GUERRA SANTA. A GUERRA NUNCA SERÁ SANTIFICADA.

Ogum está todos os dias representado no suor do rosto do trabalhador que acorda todos os dias, para executar seu trabalho digno e honroso, para o sustento de sua família. Ogum está na terra arada, no solo fértil nos campos verdes. Ogum está na batalha travada contra as nossas más inclinações, contra os nossos defeitos. Ogum nos ensina sobre caráter e honra.

IANÇA – Senhora dos ventos e dos raios, senhora do tempo. Senhora guardiã dos eguns, dos penitentes. Iança ensina sobre coragem, determinação. Nos ensina que a vida não para, não fica estagnada esperando por nós, senhora que tira os obstáculos da vida dos seus. Iança não tem medo, ela enfrenta o que tiver que ser enfrentado. Ensina que na vida uma hora somos o vento que refresca, mas tem horas que temos que ser o tufão que derruba e nada pode conter. Iança é mãe gentil, não julga ela ensina, senhora do perdão, senhora do encaminhamento dos perdidos, mãe generosa e valente. Senhora exemplo de misericórdia e perdão.

XANGÔ – Senhor pai das cabeças, senhor rei, senhor da verdadeira justiça que muitas vezes é falha nas mãos dos homens, mas na mão de Xangô ela justa, certeira, não erra. Xangô nos ensina que cada um terá de acordo com seu merecimento, que toda ação tem uma reação, que as escolhas são livres mas o arcar das consequências é inevitável. Xangô é um exímio sábio das questões humanas, não se consegue enganar Xangô, ele é o Orixá para qual não convém mentir sobre sentimentos, senhor da verdade. Senhor que nos ensina a ter prudência no julgamento, que cada história tem um lado, que não devemos brincar e subestimar as coisas de Deus e do espírito. Nos ensina que a machada da justiça nunca é leve para quem anda errado.

OBALUAYÊ E NANÃ – Orixás de respeito, senhores do silêncio, orixás que nos ensinam sobre o valor do tempo precioso da vida, que nada na vida se perde tudo se transforma. Nos ensinam que a vida é preciosa, uma escola, que devemos nos graduar da melhor forma. Que a morte não existe, ela é a transmutação do espírito, é o renascer. Orixás que nos ensinam a respeitar a vida como um todo, respeitar os ciclos da vida, a respeitar nossos velhos, nossos anciões e aprendermos com eles.

IBEJI – Orixá que simboliza a pureza, a inocência das crianças. O homem está perdendo sua pureza e sua inocência, o ato de se encantar com coisas simples está cedendo lugar para frivolidades. As crianças da Umbanda nos ensinam que não precisamos nos endurecer, que podemos sim, sermos leves, brincar com a vida, que ainda há tempo. Que envelhecer não precisa ser sinônimo de doença, endurecimento, enrijecimento. Que podemos ser jovens na alma que não envelhece. Nos ensina sobre a pureza de sentimentos, sobre sinceridade, o olho no olho, a palavra franca e honesta. Na Umbanda simboliza a linha dos anjos.

O espírito do Natal para o Umbandista é justamente este o de renovar seus votos perante o pai maior e seus Orixás, é refletir sobre o que os Orixás, nossos guias e mentores nos ensinam e nos ensinaram durante aquele ano.

É parar, refletir, o que mudou na nossa vida neste ano que passou. O que construirmos como seres humanos, como foi esse processo de espiritualização.
SE TORNAMOS PESSOAS MELHORES?

Muitas pessoas que não conhecem sobre nosso seguimento religioso, muitas vezes não entendem o que significa o Orixá para nós.

Nós nos comungamos com o Orixá e nos encantamos com eles. Eles então dentro de nós, e nós estamos dentro deles. É uma coisa só, eles são filhos da divindade e nós somos sua família”.

O que as pessoas não entendem que para nós Umbandistas não precisamos de datas especificamente, todos os dias nós renovamos o espírito do Natal. Cada dia de gira que temos em nossas searas, que ocorre nos nossos terreiros renovamos nossos votos de paz, amor, fé e caridade, todos os dias reverenciamos ao nosso grande pai e seguimos o exemplo do nosso irmão Jesus Cristo, ele é o mestre pelo qual nos espelhamos.

A nossa troca de presentes é diferente, não é algo materialista, é algo espiritual.  Todos os dias trocamos de presentes, é com a boa palavra do guia, o exemplo, o diálogo, o ensinamento, é no encaminhar do irmãozinho espiritual adoentado, é na cura da matéria e do espírito. Tudo isso é presente que não tem valor. Essa é a grande diferença.

Enfim meus irmãos, que o Natal seja realmente assim todos os dias, renovando nossos votos, de fé, de amor e caridade. E que a gente mesmo diante do perigo, da tribulação, nunca nos esqueçamos que somos filhos de Deus e dos Orixás, que temos por obrigação honrar aos bons espíritos que vem ter conosco. Não devemos os decepcionar.

E mesmo que o mal nos assolar e bater na nossa porta, vamos lembrar que somos UMBANDISTAS, E QUE NÃO DEVEMOS NOS IGUALAR E NOS REBAIXAR AS  MÁS INFLUÊNCIAS, CADA UM DÁ O QUE TEM.

Troquem sim seus presentes, tenham suas mesas fartas, mas não se esqueçam dos valores que aprendemos todos os dias com nossos mentores de luz. Vamos sim, lembrar dos exemplos do nosso grande mestre Jesus, vamos convidá-lo para sentar na nossa mesa, partilhar da nossa alegria e do nosso amor.

Quanto aos que nos perseguem, são carroças vazias de sentimentos, que só fazem barulho por onde passam. Como folhas secas ao vento, não sabem por onde estão indo. Que nosso senhor Jesus tenha piedade deles.

Não vamos perder nossos valores cedendo a violência de sentimentos alheios. Não é isso que nosso Deus nos ensina. Não vamos esquecer dos nossos valores. Coragem, Fé e Determinação.

Jesus também foi perseguido em nome de sua fé e amor a Deus, e se tornou o ícone da Humanidade, sigamos o vosso exemplo.

Recebam essa flor, como sinal do meu respeito, renovação e desejos de tudo de melhor para cada um de vocês.

O TEMPLO DE UMBANDA OGUM 7 ONDAS E CABOCLA JUPIRA.

Dirigentes – Mãe Cristina da Oxum e Pai Anisio de Ogum e seus filhos.

Desejam  a todos seus irmãos na fé e simpatizantes, que tenham um EXCELENTE NATAL, UM PRÓSPERO ANO NOVO.

Que os bons espíritos e mentores enviem do alto uma chuva de bençãos em suas vidas e que nossos Orixás estejam sempre dentro de nós.

 

Cristina Alves

Templo de Umbanda Ogum 7 Ondas e Cabocla Jupira

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Um comentário sobre “TODO DIA É NATAL PARA O UMBANDISTA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s